Lourdes Maria Pontes, auto de resistência para encobrir morte na tortura

A morte de Lourdes Maria Pontes e seu companheiro Valdir Sales Saboya é um dos muitos mistérios do período da ditadura civil-militar.Segundo algumas testemunhas, ambos foram presos em 29 de dezembro de 1972. Porém, os órgãos de repressão insistem com a versão de que Lourdes e Saboya morreram durante ao resistirem à prisão. Nos documentos …

Novas revelações sobre a queda do “aparelho” do PCBR na Praia de Maria Farinha, Pernambuco

No dia 30 de janeiro de1971, arepressão da ditadura civil-militar estourou um “aparelho” (local onde os resistentes habitavam), localizado na Praia Maria Farinha, Município de Paulista, Pernambuco. No local foram presos Odijas Carvalho de Souza e Lélia Guedes. Odijas foi assassinado na tortura.  Os relatórios e fotografias produzidos pelo Instituto de Criminalística de Pernambuco e …