A LUTA PELA TERRA E AS GUERRILHAS CAMPONESAS

Em Vitória de Santo Antão (Pernambuco), camponeses e ex-militantes comunistas criam, no engenho Galileia, a Sociedade Agrícola e Pecuária dos Plantadores de Pernambuco (SAPPP), como forma de reagir às tentativas de expulsão dos foreiros e arrendatários das terras em que trabalhavam. A entidade se propunha a formar um fundo para dar assistência médica e jurídica …

RELATÓRIO DE INSPETOR DO MINISTÉRIO DO TRABALHO EXPÕE RELAÇÕES FEUDAIS EM FAZENDA NO PARANÁ

Em 2002, quando eu pesquisei o arquivo físico da Delegacia da Polícia Federal de Foz do Iguaçu, em busca de pistas que me conduzissem aos desaparecidos políticos, me deparei com inúmeros documentos sobre conflitos no campo. Considero o relatório do Inspetor do Ministério do Trabalho, Manoel Munhoz, um dos mais importantes, pela exposição minuciosa das …

DOM OLÍVIO FAZZA. TRAJETÓRIA ECLESIAL E LUTAS DE UM BISPO EM UMA REGIÃO DE CONFLITOS

  Numa época de intensos conflitos sociais na região Oeste do Paraná, a ação do então Bispo de Foz do Iguaçu , Dom Olívio Fazza, foi decisiva para frear as perseguições e garantir vitórias dos setores vulneráveis da sociedade. As imagens e o trabalho de Frank Mezzomo ilustram bem os acontecimentos Tese apresentada como requisito …

FEVEREIRO DE 1966, POSSEIROS INVADIRAM DELEGACIA DE MATELÂNDIA, NO PARANÁ

  Um dos principais conflitos entre posseiros e colonizadoras no Paraná, aconteceu nas localidades de Banhadão,  em fevereiro de 1966. Banhadão está situada no município de Matelândia, distante 75 quilômetros de Foz do Iguaçu. Um extenso relatório de autoria do Major Mozart Ferrante e do 2º Tenente Antônio Douglas, ambos da Polícia Militar do Paraná, …