CADERNOS DO POVO BRASILEIRO – VIOLÃO DE RUA, A REVOLUÇÃO BRASILEIRA ATRAVÉS DA ARTE

O Violão de Rua Movimento criado pelo enfrentamento entre esquerda e direita. Movimento marcado pelos poetas indo a rua para organizar a população brasileira para a revolução brasileira através de sua arte. O movimento romântico revolucionário influenciou foi grande influência durante os anos 60 e 70. os caderno Violão de Rua:poemas para a liberdade, organizados …

DE QUE MORRE O NOSSO POVO? AS DOENÇAS E OS DOENTES DO BRASIL

De que morre o nosso povo? é uma produção do Instituto Superior de Estudos Brasileiros – ISEB A produção teórica que aborda a existência do Instituto Superior de Estudos Brasileiros (ISEB) ainda é relativamente pequena; se a produção dos autores que compuseram o instituto (ou tiveram obras publicadas por este) é considerável [i] , os estudos monográficos …

CADERNOS DO POVO BRASILEIRO. A IGREJA ESTÁ COM O POVO?, PADRE ALOISIO GUERRA.

A brochura Igreja Está Com o Povo? foi escrita pelo padre Aloisio Guerra a pedido do livreiro Ênio Silveira , para a Coleção Cadernos do Povo Brasileiro. A coleção Cadernos do povo brasileiro, publicados de 1962-64, num total de 28 volumes nasceu no ISEB – Instituto Nacional de Estudos Brasileiros (1955-64) e editada Civilização Brasileira. …

POR QUE OS RICOS NÃO FAZEM GREVE? CADERNOS DO POVO BRASILEIRO.

Os Cadernos nasceram no contexto do governo João Goulart (1961-64). Era uma época marcada por forte sentimento de nacionalismo, num dos momentos mais quentes da Guerra Fria. A Revolução Cubana acabara de sair vitoriosa. Esse período teve inflexões importantes no debate sobre o desenvolvimento brasileiro e caracterizou-se por redefinições da ideologia nacional. No estudo desenvolvido …

POR QUE OS RICOS NÃO FAZEM GREVE? CADERNOS DO POVO BRASILEIRO 1963

Por que os ricos não fazem greve?, de Álvaro Vieira Pinto, faz parte da  coleção Cadernos do povo brasileiro, publicados de 1962-64, num total de 28 volumes. Esta publicação nasceu no ISEB Instituto Nacional de Estudos Brasileiros (1955-64) e editada Civilização Brasileira. Os Cadernos tiveram importante papel na formação política durante o governo João Goulart em …

QUEM DARÁ O GOLPE NO BRASIL? WANDERLEY GUILHERME – COLEÇÃO CADERNOS DO POVO BRASILEIRO

Em 1962, o cientista político  Wanderley Guilherme dos Santos, produziu um texto clássico, prevendo o golpe que ocorreria dois anos depois. Com 52 páginas, o texto Quem dará o golpe no Brasil já revelava, no jovem Wanderley, as qualidades que se consolidariam no Wanderley adulto: a capacidade de enxergar a realidade sob diversos ângulos e, …

Por que os ricos não fazem greve? Cadernos do Povo Brasileiro na formação política durante governo de João Goulart

Por que os ricos não fazem greve?, de Álvaro Vieira Pinto, faz parte da  coleção Cadernos do povo brasileiro, publicados de 1962-64, num total de 28 volumes. Esta publicação nasceu no ISEB Instituto Nacional de Estudos Brasileiros (1955-64) e editada Civilização Brasileira. Os Cadernos tiveram importante papel na formação política durante o governo João Goulart …

QUEM PODE FAZER A REVOLUÇÃO NO BRASIL? , BOLÍVAR COSTA. CADERNOS DO POVO BRASILEIRO 1963

O site Documentos Revelados está disponibilizando a coleção Cadernos do Povo Brasileiro que foi editada entre os anos de 1962 e 1964 e interrompida devido à censura da ditadura militar. A coleção é formada por 24 volumes de diferentes autores, mas com temas comunicantes que tratam das questões centrais do debate político nacional naquele período …

REVOLUÇÃO E CONTRA REVOLUÇÃO NO BRASIL E MAIS DOIS TÍTULOS DOS CADERNOS DO POVO BRASILEIRO

  A coleção Cadernos do Povo Brasileiro foi editada entre os anos de 1962 e 1964 no Rio de Janeiro pela Civilização Brasileira, com coordenação editorial de Ênio Silveira. Essa coleção foi lançada com o intuito de discutir os caminhos para uma intervenção concreta nas lutas sociais do Brasil. Eles estavam fortemente marcados pela produção teórica …

MAIS TRÊS EDIÇÕES DA COLEÇÃO CADERNOS DO POVO BRASILEIRO

Com essa publicação o site Documentos Revelados disponibiliza mais três edições da coleção Caderno do Povo Brasileiro, editados de 1962-64, num total de 28 volumes. Esta publicação nasceu no ISEB – Instituto Nacional de Estudos Brasileiros (1955-64. Os Cadernos do Povo Brasileiro cumpriram um importante papel no período do nacionalismo-reformista, durante o governo João Goulart …

REVOLUÇÃO BRASILEIRA, IMPERIALISMO E LIGAS CAMPONESAS, NA TERCEIRA PUBLICAÇÃO DO CADERNOS DO POVO BRASILEIRO

A coleção Cadernos do Povo Brasileiro, dirigida por Énio Silveira e Álvaro Vieira Pinto, e publicada de 1962 a 1964, a partir de uma parceria entre a Editora Civilização Brasileira, o ISEB e o Centro Popular de Cultura da UNE, é uma das melhores e maiores experiências que nós tivemos em termos de formação política. …

MAIS TRÊS EDIÇÕES DOS CADERNOS DO POVO BRASILEIRO, COLEÇÃO CENSURADA PELA DITADURA MILITAR

O site Documentos Revelados está disponibilizando a coleção Cadernos do Povo Brasileiro que foi editada entre os anos de 1962 e 1964 e interrompida devido à censura da ditadura militar. A coleção é formada por 24 volumes de diferentes autores, mas com temas comunicantes que tratam das questões centrais do debate político nacional naquele período …