AS PERIPÉCIAS DO SHOW PROIBIDO DE GERALDO VANDRÉ NO PARAGUAI

  VANDRÉ NA TRÍPLICE FRONTEIRA Aconteceu em 1982. Fazia dois anos e dez meses que eu havia retornado à Foz do Iguaçu, depois de oito anos de exílio forçado. Na época, eu era editor do jornal Nosso Tempo e a cidade parecia uma panela de pressão prestes a explodir. A construção da Hidrelétrica de Itaipu …

VANJA ORICO – A CANTORA E ATRIZ QUE ENFRENTOU A DITADURA

  No início dos anos 1950, uma jovem brasileira que morava na Bélgica, onde o seu pai era diplomata, participou de um concurso de canto lírico, que tinha como prêmio uma bolsa de estudo no afamado conservatório musical Accademia di Santa Cecilia, em Roma. A moça acabou conseguindo o prêmio. Estudava no conservatório pela manhã e, …

A ANISTIA POLITICA NO BRASIL. REVISTA PUBLICADA EM 1978, COM ARTIGOS DE INTELECTUAIS E POLÍTICOS

 O golpe militar de 01 de abril de 1964, que depôs o presidente João Goulart, iniciou um período de perseguição política no país. No dia 10 deste mês, a junta militar que assumiu o poder divulgou a primeira lista dos atingidos pelo Ato Institucional nº 1 (AI-1), composta de 102 nomes. Foram cassados os mandatos …

INFORME DE AGENTES DA AERONÁUTICA, INFILTRADOS NA MANIFESTAÇÃO PELA ANISTIA, REALIZADA EM 28 DE AGOSTO DE 1979

A Lei de Anistia foi fruto de uma intensa mobilização popular que ganhou força no primeiro ano de mandato do general João Baptista Figueiredo. O general foi o último presidente da Ditadura Militar (1964-1985), que deu continuidade à abertura política iniciada por seu antecessor, o general Ernesto Geisel. O movimento, espalhado pelo país por meio …

INFORME DA AERONÁUTICA, SOBRE ATO PÚBLICO A FAVOR DA ANISTIA POLÍTICA, REALIZADO NAS ESCADARIAS DA CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO EM AGOSTO DE 1979

MINISTÉRIO DA AERONÁUTICA CISA A2/III Comar-Info 792/79 A campanha pela anistia ampla, geral e irrestrita, que teve seus momentos mais intensos em 1978 e 1979, foi um dos momentos mais significativos da luta pela democracia e contra a ditadura, fruto de uma frente política e social que mobilizou o conjunto dos movimentos sociais e dos …

NÃO CALO O GRITO. MEMÓRIA VISUAL DA DITADURA CIVIL-MILITAR NO RIO GRANDE DO SUL

Fruto de Projeto desenvolvido pelo CAMP em parceria com o Ministério da Justiça através de edital do Projeto Marcas da Memória, da Comissão de Anistia entre 2012 e 2013, o livro Não calo Grito: Memória Visual da Ditadura civil-militar no Rio Grande do Sul está disponível on line. Os autores da obra são Carla Simone …

CÁLICE DRIBLOU O CALE-SE DA DITADURA MILITAR

afasta-de-mim-esse-calice-chico-buarque-e-a-censura-no-brasil-pos-1964_nalva_roberto   “Cálice” foi composta para o show Phono 73, que a gravadora Phonogram (atual Universal) organizou no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo, em maio de 1973. O evento reuniria em duplas os maiores nomes de seu elenco, onde deveria ter sido cantada por Gil e Chico No dia do show, quando …

PARECER DA CENSURA PARA A MUSICA DE TIM MAIA, “ANISTIA, UMA QUESTÃO DE AMOR”

Letra da canção “Anistia (uma questão de amor)” de Tim Maia e parecer censório, de junho de 1978. Arquivo Nacional, Serviço de Censura de Diversões Públicas, TN.2.3.51715 Em seu esforço por justificar a proibição de gravação da letra, que clamava pela libertação de milhares de presos políticos feitos pela ditadura, disse o censor: “A letra …

DOCUMENTO DESNUDA AÇÃO DO SERVIÇO DE ESPIONAGEM DO ITAMARATY

Documento do Centro de Informações do Exterior revela as ações dos espiões da ditadura militar lotados  na Embaixada do Brasil no Chile. O CIEX, foi uma agência de espionagem do Itamaraty  Naquele período, os punhos de renda da diplomacia do Barão de Rio Branco ganharam abotoaduras de chumbo. Diplomatas de vários escalões foram recrutados para compor …