RELATÓRIO QUE EU ENTREGUEI Á COMISSÃO SOBRE OS MORTOS E DESAPARECIDOS

Foram realizadas nos dias 22 e 23 de maio, buscas às vítimas da Chacina do Colono. Sobre o caso, no   Sobre o caso, no segundo semestre de 2010 eu entreguei à CEMDP o Relatório em anexo. Antes, eu já havia remetidos outros relatórios sobre as minhas buscas aos desparecidos políticos, Onofre Pinto, Daniel e Joel de Carvalho, …

RELATÓRIO FINAL DA COMISSÃO MUNICIPAL DA VERDADE DE VOLTA REDONDA RJ

  Este Relatório Final divide-se em 5 partes históricas que abordam Volta Redonda na Ditadura Civil-Militar que corresponderiam aos governos autoritários dos Presidentes: Parte I – Marechal Castelo Branco (Golpe de 64 até 1966); Parrte II – Marechal Costa e Silva (1967-1969); Parte III – General Emílio Garrastazu Médici (1969-1973); Parte IV – General Ernesto …

ORIENTAÇÃO PARA A EXECUÇÃO DA CENSURA E NORMAS PARA O FUNCIONAMENTO DA IMPRENSA. DOCUMENTOS EMITIDOS PELOS COMANDOS MILITARES

Três documentos 1. Instruções para a execução da censura BH, 16 dez 1968 I Exército 2. normas para o funcionamento dos órgãos de divulgação BH,18 de dezembro de 1968 3. Orientação geral para aplicação do AI5 19 de dezembro de 1968  

DEPOIMENTO NA ÍNTEGRA DO CORONEL PAULO MALHÃES À COMISSÃO DA VERDADE DO RIO DE JANEIRO

No dia 30 de maio de 2014, o tenente coronel Paulo Malhães, foi ouvido pela Comissão Estadual da Verdade, do Rio de Janeiro. Foi a primeira vez que o ex-agente do Centro de Informações do Exército confessou oficialmente seus crimes. Antes, ele foi entrevistado pelos jornalistas Chico Otávio e Juliana Dal Piva. No depoimento à …

RELATÓRIO FINAL DA COMISSÃO ESTADUAL DA VERDADE DA PARAÍBA

Logo após o golpe militar começaram as prisões na Paraíba, como em todo o território nacional.  Na primeira semana após o golpe, já se contabilizava a prisão de 172 agricultores ligados às Ligas Camponesas, incluída toda a liderança das Ligas (Assis Lemos, Elizabeth Teixeira e demais). Foram detidos no 15º Regimento de Infantaria e 1º …

DEPOIMENTO DE JORGE BARRET, IRMÃO DE SOLEDAD, PARA A COMISSÃO ESTADUAL DA VERDADE DE PERNAMBUCO

Jorge Barret é o único sobrevivente da chamada “Chacina da Granja São Bento” Em seu depoimento ele traz alguns fatos novos.sobre a armadilha montada pela ditadura militar e que atraiu para a morte militantes da Vanguarda Popular Revolucionária;

“MINHA FAMÍLIA SE DILACEROU. MEU IRMÃO TORTURADO, MORTO,CORPO NÃO ENCONTRADO.MINHA MÃE ASSASSINADA NUMA PANTOMINA DE ACIDENTE!

“Minha família se dilacerou. Meu irmão torturado, morto, corpo não sabido. Minha mãe assassinada, numa pantomima de acidente, só desmascarada 22 anos depois.” Hilde Angel (Irmã de Stuart e filha de Zuzu Angel) Segundo a versão mais conhecida de sua morte, dada por Alex Polari, que se encontrava preso no mesmo local e assistiu da janela de …

PERICIA DESMASCARA VERSÃO DA DITADURA E COMPROVA TORTURA SEGUIDA DE MORTE DO EX-PREFEITO DO BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Em anexo PDF com ANÁLISE PERICIAL DOS ELEMENTOS MA TER/AIS PRODUZIDOS EM DECORRÊNCIA DA MORTE DE JOÃO HIGINO PIO. Higino Pio foi o primeiro prefeito de Balneário Camboriú, eleito em 1965, após a criação do município, que havia sido desmembrado de Camboriú. Em 1969, ele e outros funcionários da prefeitura foram presos por agentes da Polícia …

ANTONIO DOS TRÊS REIS DE OLIVEIRA, DESAPARECIDO POLÍTICO

RELATO DO CASO Em Apucarana (PR), estudou no Colégio Nilo Cairo e, em 1966, participou do grêmio da escola. Em 1968, ingressou no curso de Ciências Econômicas na Faculdade de Apucarana e foi membro da União Paranaense de Estudantes, sendo seu orador. Tornou-se delegado da UNE (União Nacional dos Estudantes) no Paraná. Era membro da …

AYLTON ADALBERTO MORTATI, DESAPARECIDO POLÍTICO

  RELATO DO CASO Nasceu em Catanduva (SP), em 13 de janeiro de 1946, filho de Umberto Mortati e Carmem Sobrinho Mortati. Estudou em sua cidade natal até o fim do ensino médio. Era pianista e faixa preta de caratê. Mudou-se para São Paulo e cursou a Faculdade de Direito Mackenzie, onde passou a ser chamado …