PERSEGUIDO PELA DITADURA, O EDUCADOR ANISIO TEIXEIRA FOI EXPULSO DA UNIVERSIDADE E ASSASSINADO PELA DITADURA MILITAR

Como aconteceu com outros brasileiros durante a ditadura, Anísio Teixeira desapareceu de repente. No final da manhã da quinta-feira 11 de março de 1971, ele saiu da Fundação Getúlio Vargas (FGV), na Praia do Botafogo, no Rio, para almoçar nas imediações, no Edifício Duque de Caxias, onde morava o dicionarista Aurélio Buarque de Holanda. Considerado …

MEMÓRIAS DA DOR. O CASO DA SOCIÓLOGA TERESA CRISTINA, VIÚVA DE MARIDO QUE A DITADURA DIZIA ESTAR VIVO

Um dos casos mais emblemáticos, de como a ditadura afetou a vida dos parentes dos desaparecidos políticos, é o da socióloga Tereza Cristina Denucci Ribeiro Bastos. Tereza Cristina e Paulo da Costa Ribeiro eram membros do MR8 quando se casaram em 17 de julho de 1970. Ela tinha  24 anos e ele 25 anos, na …

“TEMPO DE RESISTÊNCIA”, DE LEOPOLDO PAULINO.UM RELATO CRU E NU DA RESISTÊNCIA ARMADA À DITADURA MILITAR

No livro “Tempo de Resistência”, Leopoldo Paulino faz um resgate de um momento histórico tão importante para o país, e que hoje desperta tanto interesse e sofre tantas deformações, tem também a preocupação de acender em outros a chama do compromisso político e da solidariedade”…”Nós somos o que fazemos, e sobretudo aquilo que fazemos para …

A MISTERIOSA MORTE DO EMBAIXADOR JOSÉ JOBIM. TEXTO DA PROCURADORA DA REPÚBLICA MARIA EUGÊNIA GONZAGA

  Em 24 de março de 1979, a família do embaixador aposentado, José Jobim, continuava vivendo um pesadelo. O pacato senhor, de 70 (setenta) anos, havia saído de casa 02 dias antes, após o almoço, para visitar um amigo. Devidamente trajado, com seu terno costumeiro, disse que voltaria logo. E informou o que queria para …

RELATO DA CIA SOBRE REUNIÃO ENTRE O GENERAL ERNESTO GEISEL E ASSESSORES

  O professor e pesquisador de Relações Internacionais, Matias Spector, escreveu “Este é o documento secreto mais perturbador que já li em vinte anos de pesquisa. É um relato da CIA sobre reunião de março de 1974 entre o General Ernesto Geisel, presidente da República recém-empossado, e três assessores: o general que estava deixando o …

AGENTE DO DOI-CODI, REVELA QUE REPRESSÃO ARMAVA ENCENAÇÃO DE CONFRONTO E MORTE EM LOCAL PÚBLICO PARA OCULTAR PRISÕES

  A agente do DOI-CODI, Tenente Neuza , revelou, que na ditadura militar , a repressão para ocultar uma prisão, fazia de conta que o preso havia morrido em um confronto. Ela chama de cirquinho a encenação que os policiais e militares faziam e sempre num local público. Na encenação de tiroteio um agente caia …

CROQUIS DESENHADO POR “MILITAR ARREPENDIDO” INDICANDO LOCAL ONDE DESAPARECIDOS POLÍTICOS FORAM ENTERRADOS

O croquis anexado a essa publicação foi desenhado em julho de 2001 por uma pessoa que se identificou como “militar arrependido”. A tal pessoa rabiscou o desenho na presença de José Carlos Mendes, que militou na VPR e participou da ação que libertou 70 presos político Durante esses últimos 18 anos eu guardei o croquis …

DITADURA MILITAR PRENDEU ELKE MARAVILHA, APÓS A ARTISTA DENUNCIAR TORTURAS E DESAPARECIMENTOS DE PRESOS POLÍTICOS

  Em 1972, Elke Maravilha estava no Aeroporto Santos Dumont quando viu na parede um cartaz de procurados políticos pela ditadura militar. O cartaz estampava a foto de Stuart Angel, filho de Zuzu. Elke retirou e rasgou em pedacinhos. Esse simples ato de revolta lhe causou a prisão. Anexado ao processo estava o cartaz rasgado, …

DOCUMENTO COMPROVA PRISÃO DE FERNANDO SANTA CRUZ. INFORME DO SNI EM 8 DE SETEMBRO DE 1978 DESMENTE BOLSONARO

Resposta ao Pedido de Busca Nª 0054116  SNI/ASV. Em 22 de setembro de 1978, a 2ª Seção do Ministério da Aeronáutica difundiu para vários órgãos da repressão da ditadura militar um documento de 38 páginas, Referência 0054116/ASV, recebido do Serviço Nacional de Informações -SNI, em 8 de setembro do mesmo ano. Na página 28 do …