“A CORAGEM DA INOCÊNCIA”, A VIDA DA MADRE MAURINA BORGES DA SILVEIRA, PRESA E TORTURADA PELA DITADURA MILITAR

“A coragem da inocência” de Madre Maurina Borges da Silveira/Frei Manoel Borges da Silveira/Saulo Gomes/Moacyr Castro, Associação Brasileira de Anistiados Politicos/ABAP, IPCCIC-Instituto de Identidades Culturais, 2014, 104 pp. “Você sabe que usamos de torturas, mas para você não é difícil suportar, porque a vida das freiras já é uma tortura”, disse o delegado Fleury antes …

POR QUE OS RICOS NÃO FAZEM GREVE? CADERNOS DO POVO BRASILEIRO.

Os Cadernos nasceram no contexto do governo João Goulart (1961-64). Era uma época marcada por forte sentimento de nacionalismo, num dos momentos mais quentes da Guerra Fria. A Revolução Cubana acabara de sair vitoriosa. Esse período teve inflexões importantes no debate sobre o desenvolvimento brasileiro e caracterizou-se por redefinições da ideologia nacional. No estudo desenvolvido …

LIVRO DE ESPIONAGEM, USADO NOS CURSOS MINISTRADOS PELO SNI, CENIMAR, CISA E CIE

Livro usado pelos militares nos cursos ministrados pelo SNI, CIE, CENIMAR e CISA. Nenhum aluno saia de lá sem estudar esse livro do Gal norte americano Washington Platt. O livro foi publicado em português pela Biblioteca do Exercito em co-edição com a Editora Agir  

ONDE FOI QUE VOCÊS ENTERRARAM NOSSOS MORTOS?, EM PDF E NA ÍNTEGRA

Nesta obra, o jornalista Aluízio Palmar traz revelações sobre os últimos passos de seis guerrilheiros que estavam na Argentina e desapareceram ao ingressar no Brasil para promover ações armadas no Sul do país. A obra é o resultado de 26 anos de investigação jornalística e verdadeira obstinação em busca das circunstâncias das mortes e da …

POR QUE OS RICOS NÃO FAZEM GREVE? CADERNOS DO POVO BRASILEIRO 1963

Por que os ricos não fazem greve?, de Álvaro Vieira Pinto, faz parte da  coleção Cadernos do povo brasileiro, publicados de 1962-64, num total de 28 volumes. Esta publicação nasceu no ISEB Instituto Nacional de Estudos Brasileiros (1955-64) e editada Civilização Brasileira. Os Cadernos tiveram importante papel na formação política durante o governo João Goulart em …

HABITANDO O TEMPO. LIVRO DA GUERRILHEIRA QUE SEQUESTROU UM AVIÃO ACOMPANHADA DE DOIS FILHOS PEQUENOS

Marília Guimarães tinha apenas 22 anos em 1º de janeiro de 1970, quando adentrou o Aeroporto Internacional de Carrasco, em Montevidéu, determinada a embarcar no voo 114 da Cruzeiro do Sul com destino ao Rio de Janeiro – uma viagem que, ela já sabia, mudaria radicalmente sua vida, para o bem ou para o mal. …

DE SUASSUNA A GUARNIEIRI, TONELADAS DE LIVROS FORAM INCINERADOS NAS FOGUEIRAS DA DITADURA

  No apagar das luzes da ditadura militar, a ordem era incinerar os livros e filmes apreendidos pela censura. No início da década de 80, toneladas de obras culturais foram queimadas em fornos construídos para essa finalidade.