FUNDAÇÃO CELSO FURTADO, DISPONIBILIZA ACERVO DIGITALIZADO DA REVISTA CADERNOS DO TERCEIRO MUNDO

Fundada em 1974, na Argentina, e relançada posteriormente no México (1976), em Portugal e África (1978) e também no Brasil (1980), a revista Cadernos do Terceiro Mundo desenvolveu mais de trinta anos de intensa atividade jornalística, cobrindo a temática internacional a partir da ótica de cientistas políticos, jornalistas e lideranças dos países do Sul. O …

‘MENINA TOMOU CHOQUE NA VAGINA, ÂNUS, E BOCA” , REVELA EX-MILITAR REFORMADO

O soldado reformado Valdemar Martins de Oliveira, 70 anos, serviu na Brigada Paraquedista, na Vila Militar, do Rio de Janeiro, e trabalhou, ao longo do ano de 1968, como um espião da ditadura militar e trabalhou com alguns dos agentes mais violentos das Forças Armadas no período. Em entrevista à coluna, ele relatou como presenciou …

ÁUDIOS DE RELATOS DE TORTURA NA DITADURA MILITAR

O advogado criminalista e pesquisador Fernando Fernandes acessou todos os áudios com as gravações de julgamentos de presos políticos feitos pelo STM (Superior Tribunal Militar) de 1975 a 1979, durante a ditadura militar (1964-1985). Colaborando com o restabelecimento da Verdade, para que se faça Justiça e os torturadores respondam pelos seus atos, o portal DR …

FOTOGRAFIAS DA REPRESSÃO ENCONTRADAS NA MISSÃO DE BUSCA NO ARQUIVO DA POLICIA FEDERAL

INFORME DA MISSÃO DE BUSCA NO ARQUIVO DO DPF EM RECIFE Em novembro de 2015, Aluizio Palmar e  Maria Esperança, responsável pela Coordenadoria Regional do Arquivo Nacional no Distrito Federal – COREG, estiveram em missão na Superintendência Geral da Polícia Federal de Pernambuco. Participaram de uma reunião com a cúpula da PF. Presentes Diretor Geral, …

PROJETO MEMÓRIA. DEPOIMENTO DE VALDETAR DORNELLES, SOBREVIVENTE DA GUERRILHA DE TRÊS PASSOS

As mãos do ex-guerrilheiro Valdetar Antônio Dorneles ainda guardam as marcas da tortura praticada pela ditadura militar (1964-1985). Ele conta sua história como forma de preservar a memória contrária aos abusos praticados pelo regime.

CONFISSÕES DE UMA TORTURADORA DO DOI-CODI. REVELAÇÕES TENEBROSAS DA TENENTE NEUZA, DA EQUIPE DE FLEURI.

A tenente Neuza, entre outras confidências,  conta como os agentes do destacamento transportavam os corpos de militantes da Resistência à Ditadura mortas pelo DOI até a sede do Departamento.  Ela confirmou que o destino dos militantes que tivessem feito cursos de guerrilha no exterior e fossem apanhados pelo DOI era a morte. A mesma sentença …

MORTE DE CASAL ARGENTINO NA TRAVESSIA ENTRE FOZ DO IGUAÇU E PUERTO IGUAZU. EDUARDO E LILIANA SUICIDARAM-SE PARA EVITAR PRISÃO

Aconteceu num sábado 2 de agosto de 1980. Na lancha Caju IV, que fazia a travessia entre Porto Meira, em Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú, Argentina,  viajavam Liliana e Eduardo. Antes de atracar do lado argentino dois policiais brasileiros que estavam a bordo da lancha disseram ao piloto para desligar o motor e em seguida …

ATÉ O BONI DA GLOBO FOI INVESTIGADO PELA DITADURA

Nem os aliados da ditadura eram poupados de investigação pelo estado policial e repressivo instalado no Brasil a partir de 1964.  Documentos emitidos pelo Centro de Informações do Exército e pelo Departamento de Ordem Política e Social – DOPS, do antigo Estado da Guanabara, incorporado em 1975 ao Estado do Rio de Janeiro. No documento …

LISTA DE PRESOS POLÍTICOS TORTURADOS PELA DITADURA MILITAR, ENVIADA À CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS

O período ditatorial brasileiro foi marcado por notórios abusos aos direitos humanos, perpetrados pelas forças repressivas, dentro de uma intrincada estrutura de poder que uniu órgãos dedicados à vigilância social, unidades militares, polícia civil e política. Neste contexto, a sistematização e divulgação das denúncias acerca dos abusos estatais teve papel determinante no desgaste do regime. …

CIA DESMASCARA GEISEL: GENERAL CONTROLAVA EXECUÇÕES DE ADVERSÁRIOS DA DITADURA

CIA desmascara Geisel: general controlava execuções de adversários da ditadura O documento é devastador em relação a Figueiredo porque mostra que Figueiredo era o responsável por autorizar esses assassinatos. Geisel é o presidente da abertura, mas o que a gente sabe agora, graças a esse documento e a outros, é que, durante o processo de …

UNIOESTE PUBLICA LIVRO SOBRE A VPR, HISTÓRIA DE UMA ORGANIZAÇÃO EMBLEMÁTICA DA RESISTÊNCIA À DITADURA

“Temos em mãos o resultado de uma investigação extensa e cuidadosa sobre uma das organizações emblemáticas da esquerda que pegou em armas para combater a ditadura militar e tentar abrir caminho para a revolução socialista no Brasil: a Vanguarda Popular Revolucionária, ou VPR. Algumas das mais espetaculares ações da esquerda clandestina naqueles anos foram praticadas …