ONDE FOI QUE VOCÊS ENTERRARAM NOSSOS MORTOS?, EM PDF E NA ÍNTEGRA

Nesta obra, o jornalista Aluízio Palmar traz revelações sobre os últimos passos de seis guerrilheiros que estavam na Argentina e desapareceram ao ingressar no Brasil para promover ações armadas no Sul do país. A obra é o resultado de 26 anos de investigação jornalística e verdadeira obstinação em busca das circunstâncias das mortes e da …

DIÁRIO DO TREINAMENTO DO MR8 NO PARQUE NACIONAL DO IGUAÇU

Em 1978, um grupo de militantes da Dissidência Comunista do Estado do Rio de Janeiro (MR8), passou aproximadamente um ano no interior do Parque Nacional do Iguaçu. Durante esse período, o grupo praticou movimentos da guerra de guerrilhas, caminhou ccntenas de quilômetros dentro da mata, abriu picadas e depósitos de armas, medicamentos e víveres não …

LIBERTAÇÃO DE PRESOS POLÍTICOS QUE NÃO DEU CERTO. COMANDO REINALDO PIMENTA TENTOU LIBERTAR 40 PRESOS DAS GARRAS DA DITADURA

Quinze minutos depois de o avião Caravelle PP-PDX da Cruzeiro do Sul decolar do Rio de Janeiro com destino a São Paulo, quatro jovens obrigam o piloto a voltar para o aeroporto do Galeão. Os sequestradores eram integrantes do Comando Reinaldo Silveira Pimenta, nome dado em homenagem a um militante da Dissidência Estudantil de Niterói …

MEMÓRIAS DA DOR. O CASO DA SOCIÓLOGA TERESA CRISTINA, VIÚVA DE MARIDO QUE A DITADURA DIZIA ESTAR VIVO

Um dos casos mais emblemáticos, de como a ditadura afetou a vida dos parentes dos desaparecidos políticos, é o da socióloga Tereza Cristina Denucci Ribeiro Bastos. Tereza Cristina e Paulo da Costa Ribeiro eram membros do MR8 quando se casaram em 17 de julho de 1970. Ela tinha  24 anos e ele 25 anos, na …

CROQUIS DE MAPA DA CIDADE DE MEDIANEIRA, FEITO PELO MR8 EM 1967. NA PLANTA CONSTAM AS RUAS, CASAS DAS AUTORIDADES , LOCAIS COMERCIAIS, ETC

  Em 1967, o Movimento Revolucionário Oito de Outubro – MR8, estabeleceu uma base operacional na Região Oeste do Paraná. Um grupo de militantes da organização, que surgiu em Niterói a partir da Dissidência Comunista do Estado do Rio de Janeiro, fincou pé numa área que ia de Santa Helena à Foz do Iguaçu, Toledo …

COERÊNCIA EM TORNO DA HISTÓRIA DE UMA PRÓTESE SALVOU DENTISTA DA GUERRILHA DO MR8

  Eu conheci o Lauro Consentino Filho ele era da diretoria do DCE da UFPR. Corria o ano de 1967 e eu estava em Curitiba mantendo contato com a Dissidência Comunista do PCB e outros coletivos que propunham a luta armada contra a ditadura. Minha tarefa era criar grupos de apoio ao foco guerrilheiro que …

ARMA DA CRÍTICA, O DOCUMENTO DE AUTO CRÍTICA DO MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO 8 DE OUTUBRO – MR8

Entre novembro de 1970 e janeiro de 1971, o Movimento Revolucionário Oito de  Outubro (MR-8) escreveu dois documentos intitulados, respectivamente: Arma da crítica (1970) e Orientação para a prática (1971), acelerando, no interior dessa organização de  esquerda, um processo de autocrítica. Esses documentos contêm uma análise da conjuntura  nacional e internacional, da situação do trabalhador, …

ESTUDANTES PRESOS POR CANTAREM A PARÓDIA DE “MÁSCARA NEGRA “, NO BAILE DO ESQUELETO

Em fevereiro de 1967, nós da Dissidência Comunista do Estado do Rio de Janeiro, realizamos um baile de carnaval com o intuito de angariar finanças para  montar uma gráfica e nela rodar nossos panfletos e um jornal. A União Fluminense de Estudantes, nos deu cobertura e fizemos o  baile no Sindicato dos Operários Navais, de …

JORGE VINÍCIUS PACHECO SANCHES – ACUSADO DE SUBVERSIVO POR TER PARTICIPADO DO “BAILE DO ESQUELETO”

O BAILE DO ESQUELETO O Baile do Esqueleto Aluízio Palmar O pessoal do MNR cai na serra de Caparaó. Em Cuba, acontece a Conferência da OLAS, que pregava a revolução continental, da qual Marighela participa à revelia do Comitê Central do PCB. Os Estados Unidos bombardeiam sem dó nem piedade o Vietnam enquanto em seu …