HABITANDO O TEMPO. LIVRO DA GUERRILHEIRA QUE SEQUESTROU UM AVIÃO ACOMPANHADA DE DOIS FILHOS PEQUENOS

Marília Guimarães tinha apenas 22 anos em 1º de janeiro de 1970, quando adentrou o Aeroporto Internacional de Carrasco, em Montevidéu, determinada a embarcar no voo 114 da Cruzeiro do Sul com destino ao Rio de Janeiro – uma viagem que, ela já sabia, mudaria radicalmente sua vida, para o bem ou para o mal. …