A Comissão Pastoral da Terra (CPT) e sua atuação junto aos movimentos sociais rurais nas décadas de 1970 e 1980 no Oeste do Paraná

“As intervenções em favor dos pobres, sejam posseiros, pequenos agricultores ou camponeses emergem em um período de nossa história em que velhos personagens entraram em cena: trabalhadores”.   O objetivo deste estudo é fazer uma análise da gênese e atuação da Comissão Pastoral da Terra (CPT) e do seu papel junto aos movimentos de trabalhadores …

PERSEGUIDO PELA DITADURA, O EDUCADOR ANISIO TEIXEIRA FOI EXPULSO DA UNIVERSIDADE E ASSASSINADO PELA DITADURA MILITAR

Como aconteceu com outros brasileiros durante a ditadura, Anísio Teixeira desapareceu de repente. No final da manhã da quinta-feira 11 de março de 1971, ele saiu da Fundação Getúlio Vargas (FGV), na Praia do Botafogo, no Rio, para almoçar nas imediações, no Edifício Duque de Caxias, onde morava o dicionarista Aurélio Buarque de Holanda. Considerado …

VANJA ORICO – A CANTORA E ATRIZ QUE ENFRENTOU A DITADURA

  No início dos anos 1950, uma jovem brasileira que morava na Bélgica, onde o seu pai era diplomata, participou de um concurso de canto lírico, que tinha como prêmio uma bolsa de estudo no afamado conservatório musical Accademia di Santa Cecilia, em Roma. A moça acabou conseguindo o prêmio. Estudava no conservatório pela manhã e, …

HABITANDO O TEMPO. LIVRO DA GUERRILHEIRA QUE SEQUESTROU UM AVIÃO ACOMPANHADA DE DOIS FILHOS PEQUENOS

Marília Guimarães tinha apenas 22 anos em 1º de janeiro de 1970, quando adentrou o Aeroporto Internacional de Carrasco, em Montevidéu, determinada a embarcar no voo 114 da Cruzeiro do Sul com destino ao Rio de Janeiro – uma viagem que, ela já sabia, mudaria radicalmente sua vida, para o bem ou para o mal. …

EPIDEMIA CENSURADA. COMO A DITADURA MILITAR ESCONDEU EPIDEMIA DE MENINGITE QUE ASSOLOU O BRASIL EM 1974

Carlos Madeiro Colaboração para o UOL, em Maceió 14/06/2020 04h00 Nos anos 1970, em plena ditadura, o país enfrentou uma grave epidemia de meningite que superlotou hospitais, cancelou eventos e fez com que muitos brasileiros perdessem a vida. Mesmo ciente da gravidade do problema, o então governo militar atuou para proibir a divulgação dos números …

MEMÓRIAS DA DOR. O CASO DA SOCIÓLOGA TERESA CRISTINA, VIÚVA DE MARIDO QUE A DITADURA DIZIA ESTAR VIVO

Um dos casos mais emblemáticos, de como a ditadura afetou a vida dos parentes dos desaparecidos políticos, é o da socióloga Tereza Cristina Denucci Ribeiro Bastos. Tereza Cristina e Paulo da Costa Ribeiro eram membros do MR8 quando se casaram em 17 de julho de 1970. Ela tinha  24 anos e ele 25 anos, na …

MANIFESTO DO MARECHAL HENRIQUE TEIXEIRA LOTT EM DEFESA DAS INSTITUIÇÕES E DA DEMOCRACIA

Militar e político mineiro (16/11/1894-19/5/1984). Henrique Batista Duffles Teixeira Lott projeta-se nacionalmente por lide rar, em 1955, o movimento que garante a posse do presidente eleito Juscelino Kubitschek. Nasce em Sítio, atual Antônio Carlos. Cursa a Escola Militar do Realengo, no Rio de Janeiro, e é declarado aspirante em 1914. Faz carreira no Rio Grande …

ESTUDANTE FOI CONSIDERADO PERIGOSO POR LUTAR CAPOEIRA, KARATÊ E JUDÔ

  O artigo abaixo foi escrito por Tarcísio, numa época em que ainda não se sabia com precisão quem havia sobrevivido à ditadura. Corriam muitos boatos sobre Caio.  Caio Venancio Martins estudava direito na USP e militava na ALN – Ação Libertadora Nacional, quando decidiu sair do Brasil, devidos as sucessivas prisões de militantes da …

EDIÇÃO DE MAIO DE 1959, DO JORNAL “O TRABALHADOR”, DE FOZ DO IGUAÇU. FORAM MANCHETES, JAGUNCISMO, CORRUPÇÃO E CONSTRUÇÃO DA PONTE BRASIL-PARAGUAI

Edição histórica do jornal O Trabalhador, que  era editado em Foz do Iguaçu. por Guaraná de Menezes e Heraldo Bastos. A edição número 11, de maio de 1959, traz matérias sobre a ação do jaguncismo na região Oeste do Paraná, declarações rotundas de Ezoel Portes e Ney Wadson dos Santos, uma extensa matéria sobre a …