SOBREVIVENTE DA CHACINA DE RECIFE CONTA TUDO. ÁUDIOS DA ENTREVISTA COM IRMÃO DE SOLEDAD BARRET

  No dia 16 de novembro de 2008 fui procurado por Jorge Barrett, irmão de Soledad e sobrevivente da chacina ocorrida em Pernambuco onde morreram seis militantes da Vanguarda Popular Revolucionária – VPR. Na ocasião gravei uma longa entrevista com o Jorge. Segurei durante esses três anos e quatro meses esse material arquivado em fitas …

DOIS DOCUMENTOS IMPORTANTES SOBRE A LUTA DOS MINEIROS DE CRICIUMA E AS ATIVIDADES DO PCB

Na história do trabalhismo sindical dos mineiros de Criciúma, o período compreendido entre dezembro de 1957 a 31 de março de 1964 representa a fase de militância em defesa dos mineiros, ocasião em que as péssimas condições de trabalho são frequentemente denunciadas. O sindicato passa a ser visto como o veículo que acolhia as denúncias …

LUTAS POPULARES NO PARANÁ

A presente obra coletiva é fruto do esforço dos educadores populares do Centro de Formação Milton Santos-Lorenzo Milani, que em 2015 realizaram um curso aberto para a militãncia social do estado a respeito das Lutas Populares no Paraná. Nesta introdução, pretende-se apresentar, mesmo que em breves linhas, a história do Centro de Formação, as experimentações …

CONFISSÕES DE UMA TORTURADORA DO DOI-CODI. REVELAÇÕES TENEBROSAS DA TENENTE NEUZA, DA EQUIPE DE FLEURI.

A tenente Neuza, entre outras confidências,  conta como os agentes do destacamento transportavam os corpos de militantes da Resistência à Ditadura mortas pelo DOI até a sede do Departamento.  Ela confirmou que o destino dos militantes que tivessem feito cursos de guerrilha no exterior e fossem apanhados pelo DOI era a morte. A mesma sentença …

DOCUMENTO DA AUDITORIA MILITAR DO II EXÉRCITO ANULANDO SENTENÇAS APÓS LEI DA ANISTIA POLÍTICA

Dando sequência ao ritual das Auditorias Militares, após a revogação da Lei do Banimento e da aprovação da Anistia Politica, os cartórios, advogados e  tribunais entraram no frisson de dar uma roupagem jurídica a possibilidade de retorno ao País dos presos políticos que foram libertados graças às ações de trocas por diplomatas. Até mortos e …

DOCUMENTO COM VERSÃO DO EXERCITO SOBRE A OPERAÇÃO QUE MATOU CARLOS MARIGHELLA

Vinte e três dias após a morte do líder revolucionário Carlos Marighella, a Segunda Seção do I Exercito, divulgou internamente, um extenso documento com a versão dos militares sobre a armadilha que foi montada em 4 de novembro na Alameda Casa Branca. Note-se na versão do I Exército, uma série de contrainformações e informações falsas, …

PANFLETO DE PROPAGANDA DA EXTREMA DIREITA NA DÉCADA DE 60, USANDO A RELIGIOSIDADE E O ANTICOMUNISMO PARA COMBATER AS REFORMAS

A escalada do movimento sindical, com o crescimento das demandas trabalhistas e sociais  nos centros urbanos e no campo na década de 60, deu origem a grupos de extrema direita, que sairam em defesa dos proprietários de terra e da burguesia industrial e mercantil , acenando com o fantasma do comunismo. O panfleto em anexo, …

EM 1977, DPF INVESTIGOU ATORES, ATRIZES, DIRETORES E PRODUTORES, DA ÁREA CULTURAL DE CURITIBA

Durante o período da ditadura militar que assolou o país, e principalmente após a publicação do Ato Institucional Nº 5 (AI-5) que dava totais poderes ao governo e retirava dos cidadãos todos os direitos, muitos cantores, compositores, atores e jornalistas foram “convidados” a deixar o Brasil. A repressão a produção cultural perseguia qualquer ideia que …

EM 1981, DURANTE ENTREVISTA À IMPRENSA, GENERAL COSTA CAVALCANTI NÃO GOSTOU DE PERGUNTA E ENCERROU A COLETIVA

MEMÓRIAS DE UM REPÓRTER DAQUELE TEMPO Em 15 de outubro de 1981, o general Costa Cavalcanti convidou a imprensa da região para uma coletiva. Foi a primeira desde que ele se instalou aqui para comandar a construção da Hidrelétrica de Itaipu. Às 8h da manhã, nós fomos recebidos no Centro Executivo e ficamos até às …

LOCALIZADO DOCUMENTO DA POLÍCIA FEDERAL REVELANDO PERSEGUIÇÃO À COMUNIDADE ÁRABE DE FOZ DO IGUAÇU

A comunidade árabe de Foz do Iguaçu sempre foi alvo de espionagem por parte dos órgãos de segurança. No período da ditadura civil-militar (19644/1985) o controle era feito exaustivamente. Nos arquivos da Polícia Federal e em outros fundos é possível encontrar diversos documentos que retratam essa época de perseguição ideológica, política e étnica. Constituída basicamente …

MORTE DE CASAL ARGENTINO NA TRAVESSIA ENTRE FOZ DO IGUAÇU E PUERTO IGUAZU. EDUARDO E LILIANA SUICIDARAM-SE PARA EVITAR PRISÃO

Aconteceu num sábado 2 de agosto de 1980. Na lancha Caju IV, que fazia a travessia entre Porto Meira, em Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú, Argentina,  viajavam Liliana e Eduardo. Antes de atracar do lado argentino dois policiais brasileiros que estavam a bordo da lancha disseram ao piloto para desligar o motor e em seguida …

REASSENTAMENTO DE INDÍGENAS QUE HABITAVAM MARGEM DO RIO PARANÁ. OFÍCIOS ENVIADOS PELO PRESIDENTE DA FUNAI AO DIRETOR GERAL DA ITAIPU, EM 1977

Trata-se de diversos documentos sobre o reassentamento das famílias indígenas que moravam à beira do Rio Paraná, na área que seria inundada para a formação do Lago de Itaipu. Entre os documentos, está uma Ata de reunião entre a CJP, Itaipu e lideranças indígenas  e Ofícios emitidos por Ismarth de Araujo Oliveira, presidente da Funai …