CAÇA ÀS BRUXAS EM SANTA MARIA (RS). MILITARES E CIVIS QUE NÃO ADERIRAM AO GOLPE MILITAR FORAM PRESOS INCOMUNICÁVEIS E INDICIADOS EM IPM

https://drive.google.com/file/d/1mURpuDGzU9J590aG2YL89g7R8OFtMu_W/view?usp=sharing https://drive.google.com/file/d/1Q1IQ1eCLe0YmdzWkaSs6GgflIJMWp53v/view?usp=sharing CLIQUE NOS LINKS ACIMA PARA ACESSAR O PROCESSO Seguindo com os IPMs instaurados após o golpe militar, Documentos Revelados publica o  volumoso processo, composto por 566 páginas e que faz parte do acervo do STM. Aliás,  são pouco estudados os documentos que estão no  Superior Tribunal Militar, o mais elevado órgão da Justiça …

INTEGRA DO IPM QUE ENQUADROU SARGENTOS E SUB OFICIAIS QUE NÃO ADERIRAM AO GOLPE MILITAR. 2. ATIVIDADES DOS TROTSKISTAS DO PORT

Essa parte do IPM instaurado um ano após o Golpe Militar, fala sobre as atividades de alguns membros do Partido Operário Revolucionário Trotskista, suas ligações com militares e distribuição do jornal Frente Operária em quarteis e portas de fábricas.