OPERAÇÃO CONDOR ATERRORIZOU FOZ DO IGUAÇU NA MADRUGADA DO DIA 02 DE DEZEMBRO DE 1974

  O ano era 1974. Tempo de transição no regime militar brasileiro de Emílio Garrastazu Médici (69-73) para Ernesto Geisel (74-79). O ame-o ou deixe-o dava lugar à abertura lenta e gradual. No Paraguai, embalado pelo acordo para a construção da Binacional de Itaipu, o general Alfredo Stroessner aumentava seus poderes de chefe supremo da …

RELATÓRIO DA REUNIÃO TRIPARTITE ENTRE BRASIL, PARAGUAI E ARGENTINA SOBRE ITAIPU E CORPUS

O Tratado da Bacia do Prata, assinado em Brasília, no dia 23 de abril de 1969, e em vigor desde 14 de agosto de 1970, é o instrumento jurídico imaginado por Argentina, Brasil, Bolivia, Paraguai e Uruguai, para institucionalizar a ·exploração integrada, racional e harmônica do vasto sistema hidrográfico, que se expande na região centro-meridional …

COMITÊ DE SOLIDARIEDADE COM O POVO PARAGUAIO – REUNIÃO EM FOZ DO IGUAÇU

“ITAIPU BINACIONAL Assessoria Especial de Segurança e Informações Informe AESI.G/IB/BR/037/1983 Data : 21 de junho de 1983 Comitê de Solidariedade ao Povo Paraguaio Reunião em Foz do Iguaçu No dia 12 JUN 83, realizou-se no plenãrio da Cara dosvereadores de Foz do Iguaçu/PR, reunião do “ComItê de Solidariedade com o povo paraguaio O evento, que …

MEMÓRIAS DO EXÍLIO NA FRONTEIRA: TRAJETÓRIA E RESISTÊNCIA DE EXILADOS PARAGUAIOS EM FOZ DO IGUAÇU

Historicamente o destino dos exilados paraguaios foram os países lindeiros como Argentina e Brasil, sendo a Argentina o país de asilo de mais da metade deste contingente. O Brasil foi o segundo país da região mais buscado como destino. Ainda, outros países do Cone Sul, como Chile e Uruguai, receberam cidadãos paraguaios na condição de …

O FURO DE REPORTAGEM QUE ABALOU AS ALTAS CÚPULAS DA DITADURA DO BRASIL E PARAGUAI

No dia 8 de março de 1980, amigos que atuavam na oposição à ditadura do general Stroessner me informaram que estava acontecendo um confronto armado entre camponeses e o exército paraguaio em Acaray-mi, região de Caaguazú, situada cerca de 40 quilômetros da fronteira com o Brasil, por Foz do Iguaçu. Naquela época, eu ainda estava …

OPERAÇÃO CONDOR EM FOZ DO IGUAÇU. REFUGIADO POLÍTICO FOI PRESO PELA PF E ENTREGUE À DITADURA DO GENERAL STROESSNER

TRECHO DA CARTA ESCRITA POR REMÍGIO GIMENEZ EM 12 DE MARÇO DE 2002 “Em 27 de dezembro de 1978 eu fui preso às 9 horas da manhã pela Polícia Federal de Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil, que me sequestrou e me passou para o Paraguai, e me entregaram ao destacamento de Marinha de Ciudad Del …

GOIBURÚ, A MORTE ANUNCIADA DE UM LÍDER DA RESISTÊNCIA À DITADURA DO GENERAL ALFREDO STROSSNER

A última vez que eu vi o doutor Agostin Goiburú foi em sua clínica. Ele era um dos líderes da Frente Revolucionária Colorada, organização que o núcleo da VPR na região do Alto Paraná mantinha boas relações e desenvolvia trabalhos conjuntos. Quando cheguei a secretária assustada me fez entrar direto no consultório. Goiburú me passou …

ASSESSORIA DE INFORMAÇÕES DE ITAIPU, CÉREBRO E BRAÇO OPERACIONAL DA OPERAÇÃO CONDOR NO CONE SUL (1)

A partir de 1974. a Assessoria de Segurança e Informações de Itaipu começou a extrapolar suas operações,  indo além das funções pelas quais foi criada. No início agentes, informantes e analistas, investigavam a vida pregressa das pessoas contratadas, tanto pela Itaipu, como pela Unicon e ouras empresas que operavam na construção da Hidrelétrica. Faziam a …

REVELAÇÕES DE UM SOBREVIVENTE DA OPERAÇAO CONDOR

Numa operação relâmpago a repressão da ditadura civil-militar sequestrou em dezembro de 1974, Aníbal Abbatte Soley, Rodolfo Mongelos, Cesar Cabral e Alejandro Stumpfs. Foi uma manobra militar de grande envergadura, muitos recursos humanos e materiais. Em pouco tempo os quatro cidadãos foram sequestrados em vários pontos da cidade e no mesmo momento. Tudo aconteceu em …

DEDO-DURO ENTREGA SEUS COMPATRIOTAS REFUGIADOS PARAGUAIOS EM FOZ DO IGUAÇU

O dedo-duro, o delator, sempre mereceu repúdio geral – de nomes depreciativos, como “cagüeta” (sim, com trema), “ganso”, “x-9”, “traíra”, a atitudes que demonstravam a repugnância por eles, como esfregar os dedos na lapela quando chegava um indivíduo desses, significando “sujou”. No mundo do crime, a pena para o dedo-duro é a morte. Os serviços …