ONDE FOI QUE VOCÊS ENTERRARAM NOSSOS MORTOS?, EM PDF E NA ÍNTEGRA

Nesta obra, o jornalista Aluízio Palmar traz revelações sobre os últimos passos de seis guerrilheiros que estavam na Argentina e desapareceram ao ingressar no Brasil para promover ações armadas no Sul do país. A obra é o resultado de 26 anos de investigação jornalística e verdadeira obstinação em busca das circunstâncias das mortes e da …

A LUTA PELA TERRA E AS GUERRILHAS CAMPONESAS

Em Vitória de Santo Antão (Pernambuco), camponeses e ex-militantes comunistas criam, no engenho Galileia, a Sociedade Agrícola e Pecuária dos Plantadores de Pernambuco (SAPPP), como forma de reagir às tentativas de expulsão dos foreiros e arrendatários das terras em que trabalhavam. A entidade se propunha a formar um fundo para dar assistência médica e jurídica …

POR QUE OS RICOS NÃO FAZEM GREVE? CADERNOS DO POVO BRASILEIRO 1963

Por que os ricos não fazem greve?, de Álvaro Vieira Pinto, faz parte da  coleção Cadernos do povo brasileiro, publicados de 1962-64, num total de 28 volumes. Esta publicação nasceu no ISEB Instituto Nacional de Estudos Brasileiros (1955-64) e editada Civilização Brasileira. Os Cadernos tiveram importante papel na formação política durante o governo João Goulart em …

MANIFESTO DO MARECHAL HENRIQUE TEIXEIRA LOTT EM DEFESA DAS INSTITUIÇÕES E DA DEMOCRACIA

Militar e político mineiro (16/11/1894-19/5/1984). Henrique Batista Duffles Teixeira Lott projeta-se nacionalmente por lide rar, em 1955, o movimento que garante a posse do presidente eleito Juscelino Kubitschek. Nasce em Sítio, atual Antônio Carlos. Cursa a Escola Militar do Realengo, no Rio de Janeiro, e é declarado aspirante em 1914. Faz carreira no Rio Grande …

A ANISTIA POLITICA NO BRASIL. REVISTA PUBLICADA EM 1978, COM ARTIGOS DE INTELECTUAIS E POLÍTICOS

 O golpe militar de 01 de abril de 1964, que depôs o presidente João Goulart, iniciou um período de perseguição política no país. No dia 10 deste mês, a junta militar que assumiu o poder divulgou a primeira lista dos atingidos pelo Ato Institucional nº 1 (AI-1), composta de 102 nomes. Foram cassados os mandatos …