CAETANO VELOSO, DOCUMENTO DO CONSELHO DE SEGURANÇA NACIONAL COM VISTAS À APLICAÇÃO DO AI5

Na madrugada do dia 27 de dezembro de 1968, duas semanas depois de o governo decretar o AI-5, Caetano Veloso e Gilberto Gil foram retirados dos apartamentos onde moravam, no centro de São Paulo, e levados em uma caminhonete ao Rio de Janeiro.

MAIS DE CINCO MIL PESSOAS FORAM ALVOS DE PERSEGUIÇÕES POLÍTICAS PELA DITADURA MILITAR

A perseguição de adversários se concentrou nos meses após o golpe de 1964 e entre o final da década de 60 e início dos anos 70. Mais de 5 mil pessoas foram alvo de punições como demissões, cassações e suspensão de direitos políticos. Ao todo, 166 deputados foram cassados. O regime também perseguiu membros em …

APÓS SER DESTITUÍDO POR CORRUPÇÃO, EX-PREFEITO DE FOZ DO IGUAÇU, PEDIU AO GENERAL FIGUEIREDO CARGO NA ITAIPU OU NO PNI

Após ser destituído do cargo de prefeito de Foz do Iguaçu por corrupção, o tenente-coronel José Carlos  Toledo apelou para seus colegas do Exército para ajudarem a colocá-lo em algum cargo na Itaipu ou na Chefia do Parque Nacional do Iguaçu. Em anexo, carta do tenente-coronel Toledo ao ditador de plantão, general João Figueiredo. Na …

EX-PREFEITO DE FOZ DO IGUAÇU FOI DESTITUÍDO POR CORRUPÇÃO.

Boletim do Serviço Nacional d Informações – SNI, faz um relato da gestão do prefeito nomeado para Foz do Iguaçu, no ano de 1971, pelo general Garrastazu Médici. No período da ditadura militar, os prefeitos das cidades de fronteira eram nomeados, e para Foz do Iguaçu, o general Medici mandou o tenente coronel José Carlos …

FICHA DE CHICO BUARQUE NO SNI REVELA PERSEGUIÇÃO IMPLACÁVEL DA DITADURA AO COMPOSITOR E CANTOR

  Um dos alvos prediletos da Censura e nome de relevo na contestação à ditadura, Chico Buarque de Hollanda foi monitorado de perto pelos militares. Documentos dos órgãos de informação das Forças Armadas, só agora liberados para consulta pública, dimensionam o tamanho da perseguição: visitas de agentes nos shows, depoimentos forçados e canções censuradas. Hoje …

IMPRENSA ANARQUISTA NO PERÍODO DA DITADURA MILITAR. CASO DO JORNAL LIBERA DO CÍRCULO DE ESTUDOS LIBERTÁRIOS

libera ÓRGÃO INFORMATIVO DO CIRCULO DE ESTUDOS LIBERTÁRIOS IDEAL PERES – CELIP/RJ  Historiografia da imprensa alternativa no Brasil trabalha, há tempos, com um conjunto de fontes que acabou se tornando, para o “senso comum”, sinônimo de mídia independente. Quando se fala do período de ditadura civil-militar no país (1964-1985), as referências giram em torno de …

MOVIMENTO PUNK BRASILEIRO FOI MONITORADO PELOS SERVIÇOS DE INTELIGÊNCIA DO ESTADO

  No final dos anos 70, em plena ditadura, nosso país também criou sua cena punk, que começou em São Paulo e Brasília e depois se alastrou para outros estados. Esse movimento foi alvo dos serviços de inteligência do Estado que viam nas letras e comportamento das bandas um perigo para a !sociedade. O documento …

DOCUMENTOS DA DITADURA MILITAR REVELAM QUE O MOVIMENTO BLACK E OS BAILES NA PERIFERIA FORAM INVESTIGADOS PELO SERVIÇO SECRETO

O “movimento black”, os bailes com música soul e as demonstrações da negritude, estiveram no rol de preocupações da ditadura militar que consideravam essas manifestações algo subversivo, contrário “à tradicional paz social e racial brasileira” e portanto contra o regime estabelecido. Entre os documentos que o site localizou entre os documentos da ditadura estão cartazes …