Resistência VPR

SEQUESTRO DO EMBAIXADOR SUIÇO. REPERCUSSÃO NA IMPRENSA

Um dos feitos mais marcantes da resistência a ditadura militar brasileira foi o sequestro de embaixadores realizados pela luta armada. As organzaçoes da Resistencia à ditadura exigiam a troca pelos amigos capturados, que estavam sofrendo nos porões da ditadura. Essa atitude reforçou o caráter idealista das missões.

Os sequestros de embaixadores receberam pela mídia uma amplitude jamais vista das ações armadas.  De acordo com o jornal do Brasil da época, o seqüestro do embaixador suíço durou apenas 3 minutos.
Após um mês de negociações, o embaixador foi trocado por 70 presos políticos, que foram deportados para o Chile em janeiro de 1971.
 Clique nos links abaixo para ler as matérias ou acesse as mesmas em imagens JPG 

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.