DOCUMENTOS REVELAM PERSEGUIÇÃO DA DITADURA À CASSANDRA RIOS, A PRIMEIRA ESCRITORA BRASILEIRA QUE ESCAPOU DA HETERONORMATIVIDADE

Ninguém foi mais perseguida pelos censores da ditadura militar brasileira do que Cassandra Rios, escritora recordista em vetos durante o regime, com 36 dos seus 50 livros publicados censurados durante a vida – fora algumas edições clandestinas. Segundo o professor Rodolfo Londero, “Cassandra Rios incomodou os militares por várias razões. A principal delas é o …