CENSURA DA DITADURA, PROIBIU A UTILIZAÇÃO DO VERBO PARIR EM LETRA MUSICAL

Ofício de 24 de julho de 1972, de autoria do Diretor da Divisão de Censura de Diversões Públicas, Rogério Nunes, e endereçado ao Juiz Federal Otto Rocha, justificando a censura à letra da música Hermoza, de autoria de Paulo Sérgio Valle. Entre outras alegações, o censor diz que o uso do verbo parir “prejudica a …

PEÇA TEATRAL FOI CENSURADA POR USAR PALAVRAS TIPO “GONORRÉIA” NO TEXTO E POR ATOR USAR ROUPA PARECIDA COM A DO “TIO SAM”

Serviço de Censura e Diversões Públicas do Rio de Janeiro 28 12 1970 A peça Tribal, de José Castro Ayala recebeu diversos cortes, entre eles uma parte em que o ator ao trocar de roupa, veste uma roupa parecida com a do Tio Sam e tambem na parte em que o Tio Sam saca um …

RADIOGRAMAS DA POLÍCIA FEDERAL PROIBINDO DIVULGAÇÃO DE LIVRO, DE TUMULTO EM TREM DA CENTRAL E DE DEMANDAS SALARIAIS

Em anexo em PDF e JPG , radiogramas  do Departamento da Polícia Federal , emitidos em 1974, proibindo a imprensa de publicar notícias sobre o livro do jurista português Marcelo Caetano, de um tumulto ocorrido no interior de um trem em São Paulo e também sobre política salarial

EPIDEMIA CENSURADA. COMO A DITADURA MILITAR ESCONDEU EPIDEMIA DE MENINGITE QUE ASSOLOU O BRASIL EM 1974

Carlos Madeiro Colaboração para o UOL, em Maceió 14/06/2020 04h00 Nos anos 1970, em plena ditadura, o país enfrentou uma grave epidemia de meningite que superlotou hospitais, cancelou eventos e fez com que muitos brasileiros perdessem a vida. Mesmo ciente da gravidade do problema, o então governo militar atuou para proibir a divulgação dos números …