A NOVA ESQUERDA E SUA ATUAÇÃO REGIONAL: A AÇÃO POPULAR EM GOIÁS

A NOVA ESQUERDA E SUA ATUAÇÃO REGIONAL: A AÇÃO POPULAR EM GOIÁS SILVA, Camila J. A Ação Popular em Goiás. CAMILA DE JESUS SILVA Dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Goiás, como requisito parcial à obtenção do título de Mestre em História. Área de Concentração: Cultura, Fronteiras …

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS DO CONSELHO DE SEGURANÇA NACIONAL PARA SUSPENSÃO DE DIREITOS POLÍTICOS DO PADRE SOLIGO

Encaminhamento do Conselho de Segurança Nacional no sentido da suspensão dos direitos políticos do padre e professor Antônio Alberto Soligo. Soligo é acusado de subversão na USP, onde era professor na Faculdade de Filosofia e Letras, alem de membro da Ação Popular. Consta do expediente Processo Exposição de motivos Ticha individual Informação do SNI e …

MÚSICAS CENSURADAS DE DJAVAN, ALDIR BLANC E JORGE MAUTNER

Perdidas entre cerca de 77 mil documentos do Serviço de Censura e Diversões Públicas, arquivados pela Polícia Federal de 1968 a 1988, período em que vigorou a censura a ditadura civil-militar, estão letras esquecidas de artistas como Djavan, Aldir Blanc e Jorge Mautner,entre outros Os documentos da Censura revelam as justificativas para as proibições de …

EXPULSÃO DE CAMPONESES, PRISÕES E TORTURAS DE LIDERANÇAS NO PÓS GOLPE DE 64

Os documentos em anexo demonstram o  intenso  controle e a repressão na região  de Cachoeira de Macacu, localizada no Estado do Rio de |Janeiro em função dos conflitos fundiários que ali se desenvolveram. No pós golpe foram executadas expulsões de camponeses anteriormente reassentados na região. De acordo com o Jornal Correio da Manhã de 11/10/1966, …

DENUNCIA DO TRIBUNAL MILITAR CONTRA MILITANTES DA ACAO POPULAR NO CEARA

Este dossiê contém documentos referentes à: Denúncia contra pessoas acusadas de filiação ~a organização da resistência Ação Popular informações sobre acusados de incêndios e explosões. citados:   Antônio Augusto Arroxales Macêdo Ariolando Tavares Araruna Aristides Lopes Lima Candida Moreira Magalhães Carlos Henrique dos Santos Ferreira Cláudio Feitosa Dantas Fernando Januário Feitosa Francisca Marcelo Macêdo Leitão …

TRINTA E UM DOCUMENTOS REVELAM MONITORAMENTO E CERCO AO MOVIMENTO ESTUDANTIL DO CEARÁ

Informe sobre a convocação feita pelo DCE a todos os estudantes da UFC, marcada para o dia 11 de março, no campus do Pici, Benfica e Faculdade de Medicina, para uma assembleia geral. A finalidade da assembleia é tratar de assuntos referentes ao Restaurante Universitário.   Informe sobre uma assembléia no Centro de Ciências Sociais …

BRASIL SOCIALISTA 1976 – REVISTA EDITADA NO EXILIO

Durante o período da ditadura as colonias de exilados na Europa editaram diversas revistas e jornais. Brasil socialista e uma dessas publicações, e seu conteúdo eh composto por artigos de debates teóricos e posicionamentos dos agrupamentos de tendencia leninista. http://pt.scribd.com/doc/228033724/Brasil-Socialissta

AÇÃO POPULAR – AP. DIVERSOS DOCUMENTOS SOBRE MONITORIZAÇÃO DESSA ORGANIZAÇÃO DA RESISTÊNCIA

A Ação Popular é um dos desdobramentos do processso iniciado dentro da JUC nos anos de 1959/60, durante os quais, tomando consciência dos problemas brasileiros, lançou-se às lutas políticas e ideológicas. Apesar de não ser muito forte em número de militantes, a JUC era, assim como o Partido Comunista, a força estudantil melhor organizada. Em …

RELATORIO DA SECAO MINEIRA DO SERVICO NACIONAL DE INFORMACOES- SNI- AO CORONEL MEDEIROS, NOMINANDO MILITANTES DA AÇÃO POPULAR

http://pt.scribd.com/doc/213019830/Prisoes-Mioitsnteds-AP A Ação Popular (AP) foi um movimento político nascido em junho de 1962, a partir de um congresso em Belo Horizonte, resultado da atuação dos militantes estudantis da Juventude Universitária Católica (JUC) e de outras agremiações da Ação Católica. A partir de seu segundo congresso, realizado em Salvador, a AP decidiu-se pelo “socialismo humanista”, buscando inspiração ideológica em Emmanuel Mounier, Teilhard de Chardin, Jacques …