A ESPIONAGEM DO BRASIL NO EXTERIOR. AÇÃO DO CIEX NO URUGUAI

O Centro de Informações do Exterior (CIEX), órgão do Itamaraty e vinculado ao Serviço Nacional de Informações (SNI)  foi encarregado de espionar políticos e militantes contrários a ditadura militar brasileira que se exilaram nos países vizinhos. As agências do CIEX funcionavam dentro das embaixadas e consulados.

EM 1962, GOVERNO DOS EUA RECOMENDOU QUE EMBAIXADA APOIASSE MOVIMENTOS E POLÍTICOS QUE SE MANIFESTASSEM CONTRA A LEI DE REMESSA DE LUCROS

Documento secreto (cód. 1316335_52554), datado de 1962, estabelece “recomendações para políticas e operações” do governo norte-americano frente às eleições parlamentares brasileira de 1962. Entre as recomendações, consta a de apoiar “elementos que estão trabalhando para modificar ou derrotar a lei que limita a remessa de lucros” (por parte de empresas multinacionais). Este e outros documentos …

RELAÇÕES DE INQUÉRITOS POLICIAIS MILITARES PARTE 1

Os Inquéritos Policiais-Militares (IPMs), instrumentos de investigação e criminalização de responsáveis pela subversão da ordem social e política durante o regime militar no Brasil (1964-1985), considerados hoje do ponto de vista da pesquisa acadêmica, têm consigo uma série de implicações. Não apenas porque constituem fontes nunca antes analisadas, mas também porque eles são o resultado …

99 DOCUMENTOS EMITIDOS PELOS ESPIÕES DO CENTRO DE INFORMAÇÕES NO EXTERIOR

Ciex corresponde a Centro de Informação do Exterior. Esse órgão, clandestino, operou no interior do Ministério das Relações Exteriores de 1996 a 1985. Sua função era monitorar a atuação dos opositores ao regime militar no exterior, decidir sobre a concessão ou renovação de passaporte e intensificar a caça às bruxas entre os diplomatas.

SEGUNDO DITADURA, EROTISMO E PORNOGRAFIA ERAM USADOS PELA OPOSIÇÃO PARA DERRUBAR GOVERNO MILITAR

Ofício enviado pelo presidente da Comissão Geral de Inquérito ao Ministro da Justiça reclamando que livros e revistas expostos em livrarias e bancas de revistas possuem conteúdo licencioso, pornográfico  e eróticos. Que as matérias publicadas nesses livros e revistas despertam o erotismo que abala a “pedra angular da sociedade” , a família. Diz ainda o …

MÚSICAS CENSURADAS DE DJAVAN, ALDIR BLANC E JORGE MAUTNER

Perdidas entre cerca de 77 mil documentos do Serviço de Censura e Diversões Públicas, arquivados pela Polícia Federal de 1968 a 1988, período em que vigorou a censura a ditadura civil-militar, estão letras esquecidas de artistas como Djavan, Aldir Blanc e Jorge Mautner,entre outros Os documentos da Censura revelam as justificativas para as proibições de …

DOCUMENTO DA AERONÁUTICA SOBRE A LUTA PELA ANISTIA POLÍTICA NO EXTERIOR

Aanistiaext (1) luta pela Anistia foi articuladora de uma construção política e discursiva diferenciada. Inseria-se a luta contra a ditadura dentro de um imaginário pacifista e com apelo internacional. Possibilitou, também, uma maior interação entre os exilados e as esquerdas, os setores progressistas, as entidades de direitos humanos dos países que os acolheram, pois era …