Depoimentos Forças Armadas Militares Repressão

PRISÕES NO QUARTEL DO EXÉRCITO, EM QUITAÚNA, APÓS O GOLPE MILITAR DE 64. IPM QUE ENQUADROU SARGENTOS E SUBOFICIAIS. PARTE 3

Nessa parte, o encarregado do Inquérito Policial Militar, Tenente Coronel Sebastião Alvim, determina a prisão de 22 sargentos, todos lotados no Segundo Grupo de Canhões Noventa Milímetros Anti Aéreos.

Além de determinar as prisões, os encarregado do IPM estabelece que os sargentos fiquem incomunicáveis e emite mandados de busca e apreensão nas residências dos mesmos, além de convocar familiares e pessoas citadas para prestar depoimento.

PRISÕES NO QUARTEL DO EXÉRCITO, EM QUITAÚNA, APÓS O GOLPE MILITAR DE 64. IPM QUE ENQUADROU SARGENTOS E SUBOFICIAIS. PARTE 3a

PRISÕES NO QUARTEL DO EXÉRCITO, EM QUITAÚNA, APÓS O GOLPE MILITAR DE 64. IPM QUE ENQUADROU SARGENTOS E SUBOFICIAIS. PARTE 3b

PRISÕES NO QUARTEL DO EXÉRCITO, EM QUITAÚNA, APÓS O GOLPE MILITAR DE 64. IPM QUE ENQUADROU SARGENTOS E SUBOFICIAIS. PARTE 3c

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.