Foz do Iguaçu Polícia Federal

Mistério em torno de um corpo encontrado na BR 277

São muitos os mistérios sobre fatos ocorridos no período da ditadura civil-militar.  Desaparecimentos forçados, corpos ocultados, traições, espionagens, contrainformações e até cadáveres encontrados.

O site Documentos Revelados teve acesso a um desses mistérios. Um documento emitido pela Divisão de Foz do Iguaçu da Polícia Federal e localizado em uma de suas múltiplas difusões,  dá a pista para a elucidação de um caso. Apenas a pista, pois o material enviado para o CI do Exército desapareceu, tal como muitos outros documentos do período da ditadura.    

No ano de 1974, um corpo foi encontrado nas proximidaddes da BR 277, rodovia que liga Foz do Iguaçu à Curitiba, por agentes da Polícia Civil do Paraná. Ao lado do corpo uma valise de  ão contendo uma correspondência e documentos. Ao tomar conhecimento, a Divisão de Polícia Federal de Foz do Iguaçu encaminho para o Centro de Informações do Exército cópias dos documentos e da correspondência, apontando a identificação do morto, “um elemento subversivo”. 

Documentos Revelados

Ofício nº SO/DPF/FI/PR/74

Da Div. de FI para Ci do Rxército

Data : 20.03.1974

Carta e sobrecarta  do filho da vitima – Marius Wecker para o delegado da Div. FI da PF

Carta da vítima – Marius Wecker – para o filho, escrita um pouco antes de morrer.

 


Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.