CRIAÇÃO DE ASSOCIAÇÃO DE DESEMPREGADOS ASSUSTOU A DITADURA

  No ano de 1984 era grande o número de desempregados em Foz do Iguaçu em conseqüência do final das obras de construção da Hidrelétrica de Itaipu. A maioria dos desempregados engrossaram as favelas de Foz do Iguaçu e a Favela da Guarda Mirim foi uma delas. E foi ali que surgiu a iniciativa de criar …

DITADURA CENSUROU E INCINEROU OBRAS DE MOLIÈRE, PLÍNIO MARCOS, MARTINS PENA, GUARNIERI E NELSON RODRIGUES

Portaria do Departamento de Censura da Polícia Federal, determina a incineração de centenas de livros e filmes apreendidos,  utilizando o forno da empresa Brasil Oiticica S/A de Óleos Vegetais. Veja a Portaria e relação das obras lançadas ao fogo.  

NA DITADURA, CENSURA ATINGIU “SEXUS”, DE HENRY MILLER, “O LEOPARDO”, “ULTIMO TANGO EM PARIS”, O LIVRO “DE PROSTITUTA À PRIMEIRA DAMA” E ATÉ RAY CHARLES

Ministério da Justiça 2 de março de 1977 Informe do Chefe de Coordenação e Controle ao Diretor da Divisão de Censura de Diversões Públicas, comunicando que no incinerador do Aeroporto Internacional de Brasília foram cremados em 3 de fevereiro de 1977, 3 mil quilos de filmes, vídeos-tape, revistas, livro, fitas magnéticas, discos e cortes de …

ATAS DE APREENSÃO E QUEIMA DE LIVROS PELO SERVIÇO DE CENSURA FEDERAL, OCORRIDAS DURANTE A DITADURA MILITAR

 Nos anos 70, funcionários do Serviço de Censura Federal foram enviados pra rua com a missão de apreender e incinerar livros, revistas e jornais considerados subversivos “por atentar contra as instituições, a moral e os bons costumes”. Milhares de exemplares foram então apreendidos nas editoras, nos depósitos, nas livrarias e bancas de jornais de jornais …

NA ELEIÇÃO DE 1982, PROMOTOR LAMBE-BOTAS DE FOZ DO IGUAÇU, PEDE ANTECEDENTES POLÍTICOS PARA IMPUGNAR CANDIDATURAS DE JORNALISTAS

Em 1982, as eleições de 1982, foram realizadas com diversas limitações impostas pela ditadura. O voto foi vinculado e a propaganda eleitoral regida pela lei Falcão e outras imposições. Apesar dessas dificuldades os partidos de oposição saíram à luta com suas candidaturas. As perseguições e vetos ocorriam em todo o país. Em Foz do Iguaçu, …

NEM AS MARCHINHAS E SAMBAS DE CARNAVAL, ESCAPAVAM DA CENSURA DA DITADURA MILITAR.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLICIA FEDERAL DIVISÃO DE CENSURA DE DIVERSÕES PÚBLICAS PARECER 3802/80 Durante a ditadura militar, tal qual acontecia com letras de músicas, peças de teatro e filmes, o carnaval não escapava às tesouras da censura. Todos os blocos de rua, clubes, cordões e escolas de samba, dos mais simples aos mais …

INFORME DO SUPERVISOR DA FIOCRUZ DENUNCIANDO VÁRIOS CIENTISTAS DA INSTITUIÇÃO DE PESQUISA

A ditadura militar criou os famosos dedos-duros e incentivou  as delações. A máquina repressiva com todas suas ramificações, foi uma incubadora de pessoas com mal caráter, que para se manter nos respectivos cargos entregavam os próprios colegas. Documentos Revelados publica delação encaminhada pelo supervisor geral  da Fundação Oswaldo Cruz ao general presidente do IPM. No …

DIRETRIZES PARA A AÇÃO POLICIAL NO MEIO ESTUDANTIL. DOCUMENTO DE 09 DE AGOSTO DE 1967

Documento baixado pelo Conselho de Segurança Nacional e dirigido ao Ministério da Justiça, estabelece normas para a ação policial de caráter preventivo e repressivo contra o movimento estudantil. Entre outras, as normas baixadas proíbem manifestações públicas e particulares; enquadra nas leis penais e de segurança nacional os estudantes responsáveis pelas reuniões e manifestações consideradas ilegais; …