DOPS DOS ESTADOS Forças Armadas PCBR Repressão

DOCUMENTO REVELA QUE CONTATO DO PCBR EM CURITIBA FOI MONITORADO

Relatório de informante dando conta de seu trabalho de acompanhamento de contato entre um suposto emissário de Jorge Vale com militante do PCBR, que segundo  o informe seria Gilney Amorim.

Jorge Vale foi gerente da Agencia do Banco do Brasil, no Leblon, em 1969. Graças a suas transações na agencia ele financiou o MR8 velho e o PCBR.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.