Cadernos do Povo Brasileiro Cultura Fundo PCB Geral Livros

REVOLUÇÃO E CONTRA REVOLUÇÃO NO BRASIL E MAIS DOIS TÍTULOS DOS CADERNOS DO POVO BRASILEIRO

 

A coleção Cadernos do Povo Brasileiro foi editada entre os anos de 1962 e 1964 no Rio de Janeiro pela Civilização Brasileira, com coordenação editorial de Ênio Silveira.

Essa coleção foi lançada com o intuito de discutir os caminhos para uma intervenção concreta nas lutas sociais do Brasil. Eles estavam fortemente marcados pela produção teórica do Instituto Superior de Estudos Brasileiros (ISEB), visto que Álvaro Vieira Pinto, diretor da coleção junto com Silveira, era diretamente ligado ao ISEB.

A publicação dos Cadernos foi interrompida em 1964 devido à censura da ditadura militar.

A coleção é formada por 24 volumes de diferentes autores, mas com temas comunicantes que tratam das questões centrais do debate político nacional naquele período.

PDFs

 Franklin de Oliveira. Revolução e contra-revolução no Brasil

 Helga Hoffmann. Como planejar nosso desenvolvimento

 Jorge Miglioli. Como são feitas as greves no Brasil

Aluizio Palmar

Aluízio Ferreira Palmar, nasceu em 24 de maio de 1943, em São Fidélis, Estado do Rio de Janeiro. Em sua juventude estudou na Universidade Federal Fluminense e, devido à sua militância revolucionária foi preso e banido do país, após ter sido trocado, juntamente com outros 69 presos políticos pelo Embaixador da Suíça no Brasil. Depois de passar oito anos entre o exílio e a clandestinidade, deu início, após a Anistia Política, a carreira jornalística que completou 50 anos.
Aluízio Palmar foi consultor da Comissão Nacional da Verdade e da Comissão estadual da Verdade do Paraná, tendo seu trabalho de pesquisador dado origem ao site Documentos Revelados

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.