AÇÃO POPULAR. DA JUVENTUDE CATÓLICA À OPÇÃO PELO MARXISMO-LENINISMO

  História da Ação Popular Em 2013 se comemorou os 50 anos de fundação da Ação Popular (AP). Ela teve importante papel na história da esquerda brasileira desde o período anterior ao golpe de 1964. Sua trajetória é bastante original. Nascida, fundamentalmente, pelas mãos de jovens cristãos socialistas – que procuravam um caminho alternativo entre …

LIBERTAÇÃO DE PRESOS POLÍTICOS QUE NÃO DEU CERTO. COMANDO REINALDO PIMENTA TENTOU LIBERTAR 40 PRESOS DAS GARRAS DA DITADURA

Quinze minutos depois de o avião Caravelle PP-PDX da Cruzeiro do Sul decolar do Rio de Janeiro com destino a São Paulo, quatro jovens obrigam o piloto a voltar para o aeroporto do Galeão. Os sequestradores eram integrantes do Comando Reinaldo Silveira Pimenta, nome dado em homenagem a um militante da Dissidência Estudantil de Niterói …

EDIÇÃO COMPLETA DO JORNAL PENSAMENTO ACADÊMICO, ÓRGÃO DE DIVULGAÇÃO DOS ESTUDANTES DA FACISA

O jornal Pensamento Acadêmico, órgão de divulgação do Diretório Acadêmico 7 de julho, em sua primeira edição destacou a luta dos estudantes da antiga Facisa  para a criação da Unioeste. O Diretório Acadêmico era dirigido por : Adão  Luiz Almeida (presidente), Fidel Alvarenga (vice-presidente, Ângela Papandrea (1ª Secretária), Diva Rocha (segunda-secretária), Rubens Postale (segundo-tesoureiro);  Georgen …

A repressão na Univ Federal de Goiás na Ditadura

A REPRESSÃO AOS ESTUDANTES, PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS DURANTE A DITADURA MILITAR (1964- 1979) Esta pesquisa visa, sobretudo, compreender o contexto histórico em que o aparelho repressivo construído pelo regime militar se desenvolveu e de que forma ele atuou dentro da Universidade Federal de Goiás .Portanto, para entender o contexto histórico …

EZEQUIAS BEZERRA DA ROCHA, ASSASSINADO NO CENTRO DE TORTURA DO IV EXÉRCITO, EM RECIFE

10 de março de 1972 foi o dia em que Delegacia de Segurança Social de Recife/PE expediu o Pedido de Busca número 12-DSS/72, determinando a “localização e captura de elemento subversivo”, de nome Ezequias Bezerra da Rocha. Ezequias era o proprietário do carro que tinha sido utilizado pelo casal Luís Alberto e Miriam Verbena, cuja morte relatamos …

AS ARMAS DA CRÍTICA E A CRÍTICA DAS ARMAS. A TRAJETÓRIA DO MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO 8 DE OUTUBRO (DI/GB)S

A ARMA DA CRÍTICA E A CRÍTICA DAS ARMAS: A TRAJETÓRIA DO MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO 8 DE OUTUBRO (DI-GB/MR-8) NA LUTA ARMADA CONTRA A DITADURA CIVIL-MILITAR BRASILEIRA. (1969-1972) Dissertação apresentada ao Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas,  como parte  dos  requisitos  exigidos para a obtenção do título de Mestre em SOCIOLOGIA. …

RELATÓRIO FINAL E COMPLETO DA COMISSÃO ESTADUAL DA VERDADE DO PARANÁ. VOLUMES UM E DOIS

Composto de dois volumes e quase 900 páginas,  que se somam a milhares de documentos anexos, o Relatório Final da Comissão Estadual da Verdade – Teresa Urban, entregue no último dia 27 de novembro de 2017 ao povo paranaense é o resultado de um longo esforço de mobilização de vítimas  e familiares de mortos e desaparecidos …

DOCUMENTOS DA DITADURA MILITAR REVELAM QUE O MOVIMENTO BLACK E OS BAILES NA PERIFERIA FORAM INVESTIGADOS PELO SERVIÇO SECRETO

O “movimento black”, os bailes com música soul e as demonstrações da negritude, estiveram no rol de preocupações da ditadura militar que consideravam essas manifestações algo subversivo, contrário “à tradicional paz social e racial brasileira” e portanto contra o regime estabelecido. Entre os documentos que o site localizou entre os documentos da ditadura estão cartazes …