Parte do interrogatório de alguém que sucumbiu às torturas no DOI/CODI

Eu estava no Chile e era responsável por determinada área de atuação na Vanguarda Popular Revolucionária, quando um quadro da Organização me passou uma pessoa cujo “nome de guerra” era Salomão. De acordo com as informações que me foram repassadas “Salomão” teria sido membro da Unidade de Combate Juarez de Brito e estava de mala …

SOBREVIVENTE DA CHACINA DE RECIFE CONTA TUDO. ÁUDIOS DA ENTREVISTA COM IRMÃO DE SOLEDAD BARRET

  No dia 16 de novembro de 2008 fui procurado por Jorge Barrett, irmão de Soledad e sobrevivente da chacina ocorrida em Pernambuco onde morreram seis militantes da Vanguarda Popular Revolucionária – VPR. Na ocasião gravei uma longa entrevista com o Jorge. Segurei durante esses três anos e quatro meses esse material arquivado em fitas …

VPR SP 1972. II AUDITORIA MILITAR. DOCUMENTO COM 676 PÁGINAS, CONTENDO MANDADOS DE PRISÃO, ATESTADOS DE ÓBITO, INTIMAÇÕES, PROCESSOS E SENTENÇAS . RECURSOS DOS ADVOGADOS

Trata-se de documentos diversos, arrolando militantes da VPR,  que fazem parte do acervo do STF e STM. O documento , num total de 676 páginas contem os atos jurídicos emitidos pelos tribunais de exceção e pelos advogados de defesa.   https://pt.scribd.com/document/562826079/VPR-SP-1972-Mandados-de-prisao-atestados-de-obito-intimacoes-processos-e-sentencas-II-Auditoria-Militar-Recursos-e-outros-atos-dos-advogados-de-de

DOCUMENTO DA AUDITORIA MILITAR DO II EXÉRCITO ANULANDO SENTENÇAS APÓS LEI DA ANISTIA POLÍTICA

Dando sequência ao ritual das Auditorias Militares, após a revogação da Lei do Banimento e da aprovação da Anistia Politica, os cartórios, advogados e  tribunais entraram no frisson de dar uma roupagem jurídica a possibilidade de retorno ao País dos presos políticos que foram libertados graças às ações de trocas por diplomatas. Até mortos e …

O ABANDONO DA CASA DOS PAIS PELOS JOVENS QUE FORAM À LUTA CONTRA A DITADURA

MINISTÉRIO DO EXÉRCITO RIO, GB, g Ago 69 . GABINETE DO MINISTRO -CIE – – INFORMAÇÃO NB S/102-M2-0IS Informe do Exército revela a opção da juventude que aderiu à resistência contra a ditadura militar saindo da casa dos pais    

RELATÓRIOS DE PESQUISA DA CNV SOBRE A CHACINA NO PARQUE NACIONAL DO IGUAÇU

Durante o trabalho da Comissão Nacional da Verdade, os pesquisadores, levantaram divesas informações sobre a Chacina no Parque Nacional do Iguaçu, ocorrida em julho de 1974, quando foram assassinados militantes da Resistência à ditadura Militar. Em anexo, alguns desses relatórios