Depoimentos DOPS DOS ESTADOS Forças Armadas Foz do Iguaçu Geral Mortos e Desaparecidos Relatórios CEVs Relatórios CEVs VPR

DEPOIMENTO NA ÍNTEGRA DO CORONEL PAULO MALHÃES À COMISSÃO DA VERDADE DO RIO DE JANEIRO

No dia 30 de maio de 2014, o tenente coronel Paulo Malhães, foi ouvido pela Comissão Estadual da Verdade, do Rio de Janeiro.

Foi a primeira vez que o ex-agente do Centro de Informações do Exército confessou oficialmente seus crimes. Antes, ele foi entrevistado pelos jornalistas Chico Otávio e Juliana Dal Piva.

No depoimento à Comissão Estadual da Verdade, Malhães admitiu envolvimento em torturas, mortes e ocultação de corpos de vítimas da ditadura. E deu detalhes de como funcionava a chamada Casa da Morte, em Petrópolis (RJ), um centro clandestino de torturas onde foram mortas cerca de 20 pessoas.

Revelou ainda sua participação nas prisões aos membros da VPR no Rio Grande do Sul e detalhes da cilada que e julho de 1974, redundou na morte no Parque Nacional do Iguaçu, de seis membros da Resistência à ditadura militar que se encontravam exilados em Buenos Aires.

 

PDFs

 DEPOIMENTO NA ÍNTEGRA E EM PDF DO CORONEL PAULO MALHÃES À COMISSÃO DA VERDADE DO RIO DE JANEIRO

Aluizio Palmar

Aluízio Ferreira Palmar, nasceu em 24 de maio de 1943, em São Fidélis, Estado do Rio de Janeiro. Em sua juventude estudou na Universidade Federal Fluminense e, devido à sua militância revolucionária foi preso e banido do país, após ter sido trocado, juntamente com outros 69 presos políticos pelo Embaixador da Suíça no Brasil. Depois de passar oito anos entre o exílio e a clandestinidade, deu início, após a Anistia Política, a carreira jornalística que completou 50 anos.
Aluízio Palmar foi consultor da Comissão Nacional da Verdade e da Comissão estadual da Verdade do Paraná, tendo seu trabalho de pesquisador dado origem ao site Documentos Revelados

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.