GREVE DOS PROFESSORES EM 1982, MARCO INICIAL NO SURGIMENTO DA APP

Documentos desclassificados da Secretaria de Segurança Publica do Parana e diversos recortes de de jornais noticiando a greve dos professores do Parana, que aconteceu em 1982, no estertor da ditadura civil-militar instaurada a partir do Golpe de Estado de 1964. O movimento grevista foi dirigido pela APP , atualmente, é o maior sindicato do Paraná e um …

CRIAÇÃO DE ASSOCIAÇÃO DE DESEMPREGADOS ASSUSTOU A DITADURA

  No ano de 1984 era grande o número de desempregados em Foz do Iguaçu em conseqüência do final das obras de construção da Hidrelétrica de Itaipu. A maioria dos desempregados engrossaram as favelas de Foz do Iguaçu e a Favela da Guarda Mirim foi uma delas. E foi ali que surgiu a iniciativa de criar …

CAÇA ÀS BRUXAS NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO. POLÍTICOS DERROTADOS EM ELEIÇÃO MUNICIPAL ACUSAM ADVERSÁRIOS DE COMUNISTAS

As perseguições começam logo após ao golpe civil-militar de 1º de abril de 1964. A fúria dos militares golpistas e civis de direita e oportunistas atingiu as esquerdas, os membros e partidários do governo deposto,  militares contrárias ao golpe, militantes sindicais e estudantis e lideranças camponesas. Em todo o território nacional surgem os famosos dedo …

INFORME DO SUPERVISOR DA FIOCRUZ DENUNCIANDO VÁRIOS CIENTISTAS DA INSTITUIÇÃO DE PESQUISA

A ditadura militar criou os famosos dedos-duros e incentivou  as delações. A máquina repressiva com todas suas ramificações, foi uma incubadora de pessoas com mal caráter, que para se manter nos respectivos cargos entregavam os próprios colegas. Documentos Revelados publica delação encaminhada pelo supervisor geral  da Fundação Oswaldo Cruz ao general presidente do IPM. No …

JORNAL EM TEMPO DESAFIA A DITADURA. EDIÇÃO DE 20 DE MARÇO DE 1978

  É criado em São Paulo o Movimento do Custo de Vida (mais tarde Movimento Contra a Carestia), que organiza a população mais pobre em torno de questões como inflação, custo do abastecimento e arrocho salarial. O movimento se estruturou em torno das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), uma nova forma de organização popular estimulada …

SEQUESTRO EMBAIXADOR SUÍÇO. COMUNICADOS E MENSAGENS ENTRE A VPR E A DITADURA MILITAR. RELAÇÕES DE PRESOS E SUBSTITUIÇÕES

  O embaixador foi sequestrado no dia sete de dezembro de 1970 e libertado no dia 16 de janeiro de 1971. Foram 40 dias de negociação entre os guerrilheiros da Vanguarda Popular Revolucionária e a ditadura militar. Nesse período diversos comunicados foram emitidos pelos guerrilheiros e pela ditadura. Os documentos da VPR eram colocados em …

JORGE VINÍCIUS PACHECO SANCHES – ACUSADO DE SUBVERSIVO POR TER PARTICIPADO DO “BAILE DO ESQUELETO”

O BAILE DO ESQUELETO O Baile do Esqueleto Aluízio Palmar O pessoal do MNR cai na serra de Caparaó. Em Cuba, acontece a Conferência da OLAS, que pregava a revolução continental, da qual Marighela participa à revelia do Comitê Central do PCB. Os Estados Unidos bombardeiam sem dó nem piedade o Vietnam enquanto em seu …

DOCUMENTO APREENDIDO PELA DITADURA EXPÕEM FRAGILIDADE NO ESQUEMA DE SEGURANÇA DA RESISTÊNCIA

Um documento apreendido durante a prisão, em 1968, de Pitágoras de Oliveira Machado, militante dos Comandos de Libertação nacional – Colina, expõem as fragilidades das organizações da Resistência à ditadura militar. Além de tecer várias recomendações o documento relata a descoberta casual de um agente que seguia ativistas do movimento estudantil

DITADURA PERSEGUIU O CANTOR TONY TORNADO POR SE APRESENTAR COM PUNHO CERRADO E BRAÇO ESTENDIDO PARA O ALTO

  É verdade que, desde a fuga de casa, aos 11 anos, Tony não fez outra coisa senão aproveitar cada oportunidade que a vida lhe ofereceu. Foi engraxate, paraquedista no Exército, cover de rockeiros e até cafetão no Harlem, nos Estados Unidos. Mas a real mudança veio em 1970, quando participou do Festival Internacional da …

DOSSIÊ COM 155 PÁGINAS PEDIDO DE BUSCA, APREENSÃO E VIGILÂNCIA

O dossiê é compostos pelas pasta a, b e c, das acondicionados nas caixas 90 e 91. Apresentam ofícios, ofícios reservados, pedidos de busca, informes, fotografia, solicitação de informações, lista de nomes, autos de declarações, qualificações, memorandos, cópias de editais, auto de apreensão, auto de entrega, papeletas de encaminhamento, relatórios, fichas individuais, papeleta de recebimento …

ORIENTAÇÃO PARA A EXECUÇÃO DA CENSURA E NORMAS PARA O FUNCIONAMENTO DA IMPRENSA. DOCUMENTOS EMITIDOS PELOS COMANDOS MILITARES

Três documentos 1. Instruções para a execução da censura BH, 16 dez 1968 I Exército 2. normas para o funcionamento dos órgãos de divulgação BH,18 de dezembro de 1968 3. Orientação geral para aplicação do AI5 19 de dezembro de 1968