Você também pode gostar...

3 comentários

  1. Primeiramente quero agradecer a dedicação em juntar tantos documentos valiosos para nossa história de violência e injustiça contra o povo, que jamais pode ser esquecido.

    Gostaria de saber se existe outra forma de acessar os “documentos ditadura acervo catarinense” sem que seja necessário uma conta paga no SCRIBD.

    Obrigada

    1. Eu enviei o arquivo via email

  2. Como fico sabendo se meu avô foi torturado na ditadura militar?
    Nome dele é: Dalcio Gregorio Espindola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.